quarta-feira, 4 de julho de 2012

MACHUCADOS POR DENTRO E POR FORA

DEPOIMENTO DE G.M., 16 ANOS, BRASÍLIA, DF.

Eu moro em Brasília, e sempre tive uma família conturbada. Meus pais me davam tudo o que eu queria, sempre me deram. Mas sei lá, eu sentia falta de alguma coisa! Meu pai e minha mãe tinham brigas feias, gritavam um com o outro e parecia que eles não estavam nem aí pros meus sentimentos, eu sentia que eles nem lembravam de mim na hora das brigas. Comecei a me sentir só, mesmo com uma família grande ou junto dos amigos. Todas as noites eu chorava e meu coração, parecia que ia explodir de tanto sentimento que eu guardava só pra mim, não tinha com quem conversar! Pra "colocar a dor pra fora", comecei a me queimar. Eu pegava uma faca da cozinha, a esquentava muito e depois a encostava em meu corpo até ferir. Eu sentia um alívio imediato. Parecia que as dores emocionais saíam através da dor física. Desde que comecei a me ferir, nunca mais chorei, mas quando eu acordava, no outro dia, além de estar ferida emocionalmente, eu estava ferida físicamente. Foi quando uma amiga se preocupou comigo, contou à minha tia o que acontecia comigo, minha tia conversou com os meus pais, que nem imaginavam que eu pudesse estar nessa situação. Depois de saberem o que acontecia comigo, comecei a fazer sessões de terapia e a tomar remédio anti-depressivos. Mas o que mais me ajudou, foram as orações dos meus amigos, a compreensão dos meus pais e minhas sessões com o meu psiquiatra. Hoje, sou totalmente curada e feliz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário

Postar um comentário